Em tempos de pandemia, lugar de criança é na escola?

Como professora de Educação Infantil da rede municipal do Rio, me preocupa o discurso e a pressão pelo retorno das aulas presenciais nas instituições de ensino, especificamente na Educação Infantil por se tratar de crianças tão pequenas. Entidades ligadas a esse segmento vieram a público recentemente expressar seus argumentos pela reabertura das unidades escolares. No dia 11 de setembro, no jornal Bom dia Rio da TV Globo, em matéria sobre a decisão da Justiça do Trabalho (TRT) que suspendeu a volta às aulas presenciais na rede particular do estado, a presidente da Associação Brasileira de Educação Infantil (Asbrei) fez uma fala que mostrou desconhecimento sobre a rotina, os princípios de trabalho na Educação Infantil e o impacto que esse retorno precoce pode causar. Em sua fala, o argumento utilizado para defender esse retorno é que “a recomendação da ciência para que haja uma proteção a todos aqueles que vão lidar com as crianças vão ser seguidas.” E as crianças? Como será para elas retornar às escolas nesse momento tendo que seguir tantas regras e restrições? Leia mais

Educação Infantil e pandemia: algumas reflexões

Atualmente estamos passando pela maior crise humanitária da nossa geração. Começar o texto com essa frase me causa um grande impacto, pois, no final de dezembro de 2019, quando comecei a ter acesso a notícias sobre o coronavírus, não imaginei que a situação chegaria a esse ponto. A forma como… Leia mais

Educação Infantil: breve histórico e reflexões

Ao começar a escrever este texto foi inevitável não recordar de como cheguei ao campo da Educação. Minha formação é em Pedagogia, curso que fiz na PUC-Rio (2006 – 2010). Iniciei a graduação sem muita certeza sobre o caminho profissional que queria seguir, quando, após a realização dos quatro estágios obrigatórios do curso, a curiosidade sobre as crianças e as práticas escolares passou a habitar o meu repertório de interesse. Com a realização dos estágios, especialmente os que foram em turmas de Ensino Fundamental e Educação Infantil, tive a oportunidade de elaborar relatórios, descrevendo o cotidiano escolar do qual estava participando. Dessa forma, o interesse pela observação, descrição e reflexão dos fenômenos que ocorriam em sala de aula se tornou uma constante. Leia mais